• AnaTorres_SuiteSpot

Devo, como marca, entrar na conversação sobre a COVID-19?




Vivemos uma situação absolutamente extraordinária com um inimigo invisível comum e a pergunta que exige resposta: participar, ou não, na conversação sobre a COVID-19. As marcas estão apreensivas com o estrangulamento económico que se adivinha. E isto é particularmente verdade para os pequenos e médios negócios.


Todos os dias, vemos as nossas caixas de email e murais das redes sociais serem invadidos por mensagens de alerta sobre a COVID-19.

Hoje, ajudamo-lo a compreender o real impacto para a sua marca e a responder às duas questões-chave:

  • Devo, ou não, como marca entrar e participar na conversação sobre a COVID-19?

  • Devo, ou não, manter a minha estratégia comercial, de comunicação e marketing, num momento que parece empurrar as pessoas para o estritamente essencial?


Acompanhe-nos nesta reflexão e descubra cinco formas de potenciar a sua marca no contexto desta crise da COVID-19.




1. Existe uma razão para participar na conversação sobre a COVID-19?


A crise que se instalou no mundo com a COVID-19 afeta todas as empresas, independente do setor de atividade ou dimensão. É fundamental que mantenha a sua voz ativa se puder oferecer apoio imediato ou atenuar as preocupações atuais.


Tire algum tempo para enunciar as perguntas urgentes que ocupam a mente dos consumidores neste momento. Eis alguns exemplos:

  • Os bens essenciais vão escassear?

  • Posso adquirir bens essenciais online com entrega em casa?

  • Como posso reforçar a minha imunidade e a dos meus familiares?

  • Como posso reforçar a minha capacidade – equipamentos, comunicações, etc. - de teletrabalho?

  • Como posso financeiramente preparar-me para o impacto desta crise?

  • Como posso entreter os meus filhos em casa?

  • Como posso manter-me ativa/o?


Pode a sua marca responder a alguma destas questões com uma proposta de valor que atraia a atenção das pessoas?

Se a resposta é afirmativa, tem o motivo ideal para entrar na conversação sobre a COVID-19. Não se fique pelas respostas óbvias, arrisque pensar fora da caixa.


Por exemplo, um estúdio de Pilates pode desenvolver um infoproduto, com aulas transmitidas online, que permita às pessoas manterem as suas rotinas de saúde e bem-estar. Esta abordagem é a forma perfeita de entrar na conversação sobre a COVID-19. Mas pode transformar-se também numa nova área de negócio. E, no curto prazo, numa oportunidade única para fazer crescer organicamente a comunidade e base de clientes.




2. Mais do que nunca, aproveite a crise da COVID-19 para rever o mindset.


Esta crise tem uma particularidade única: não é sobre si. Não é sobre ninguém em particular. Toca-nos a todos, afeta-nos a todos. Independente de raça, religião ou escalão socioeconómico.

Assim sendo, mais do que nunca, acompanhe a tendência global e abandone os discursos ego centrados. Na conversação sobre a COVID-19, evite pensamentos e mensagens de dentro para fora. As pessoas estão a lidar com eventos transformadores, a última coisa que querem é ouvir falar sobre si, sobre a sua empresa. A menos que o que tem para oferecer transforme as suas vidas, as torne mais simples, mais fáceis, mais positivas.


Comece por fazer um exercício simples de reflexão interna. Como é que a minha empresa pode assumir a linha da frente na conversação sobre a COVID-19 colocando-se ao serviço das pessoas? Como é que a minha empresa pode ajudar as pessoas a passar por esta fase de uma forma mais simples e positiva?

Seja verdadeiro consigo mesmo. Este é o tempo certo para redefinir toda a sua comunicação, reinventando-se e contando a sua história de uma forma autêntica e transformadora.


A este propósito, lembramos a mensagem central de uma marca que alcançou o reconhecimento mundial. Fê-lo pela forma exclusiva como perceciona e trabalha a experiência do cliente. Falamos da Zappos e da sua proposta de valor única: “A Service Company that Happens to Sell Shoes”.




3. Lidere a conversação sobre a COVID-19 com empatia.


Nos nossos murais, todos os dias centenas de pessoas partilham mensagens que nos fazem refletir sobre a experiência que vivemos. Parece existir um denominador comum apontando para a oportunidade de repensarmos os nossos valores como seres humanos e sociais.


Lidere este movimento com empatia e torne-se um prescritor na conversação sobre a COVID-19. Mais do que nunca, as pessoas estão sensíveis às palavras. Com as emoções ao rubro, comentários irreverentes durante uma crise como esta podem ameaçar até as marcas mais bem-intencionadas.


Sempre que precisar ou decidir comunicar, comece e termine demonstrando a sua solidariedade para com a sua comunidade e os mais afetados. Esta autenticidade vai legitimar a participação da sua marca na conversação sobre a COVID-19.

Este não é decididamente o momento para ser superficial e não é de todo o mais adequado para usar o sarcasmo e os memes.




4. Para fazer-se ouvir nesta crise do novo coronavírus, ofereça ajuda, não produtos.


Embora possa parecer tentador promover o produto perfeito para a recuperação futura desta crise da COVID-19, avance com prudência. Promoções nesta fase poderão ser mal-interpretadas pela sua comunidade real e potencial. Experimente participar na conversa usando os seus produtos ou serviços para apoiar, oferecer ajuda ou potenciar a experiência.


Veja, por exemplo, como operadoras de telecomunicações como a Vodafone ou a MEO decidiram entrar na conversação sobre a COVID-19. Uniram-se e alargaram gratuitamente o acesso a mais canais e dilataram os pacotes de dados. Genericamente entendida como boa vontade, esta atitude terá efeitos catalisadores de reforço de confiança e goodwill. Além disso, neste período de tempo as pessoas vão habituar-se a um padrão de serviço. No pós-crise, mantendo-se a inteligência estratégica, o mais certo é que se gerem novos comportamentos de consumo.


Este contraciclo é mau para todos. É um dado adquirido. Assim sendo, aproveite a oportunidade para ser útil. Destaque-se como marca provedora de bom conteúdo e boas experiências. Ganhe a confiança das pessoas, legitime o seu papel na conversação sobre a COVID-19 e semeie terreno fértil para a recuperação. As pessoas saberão retribuir no exato momento em que a normalidade regressar.




5. Use a sua estratégia de conversação sobre a COVID-19 para construir uma comunidade, mais do que uma legião de seguidores não qualificados.


As redes sociais e a Internet assumem a centralidade nesta fase em que somos todos convidados ao isolamento social. Aproveite a oportunidade para dedicar-se tempo a estudar a sua comunidade. Identifique as dores a que pode melhor responder durante a sua estratégia de conversação sobre a COVID-19.


Crie uma cadência de comunicação que responda a essas áreas críticas. E, sobretudo, estruture um plano de conteúdos capaz de catalisar a experiência das pessoas. Transforme cada momento numa oportunidade para apoiar, ajudar, entreter a sua comunidade. Saia desta crise da COVID-19 com uma marca mais fortalecida.

Num discurso em 1959, John F. Kennedy disse: "Em chinês, a palavra 'crise' é composta por dois caracteres - um representa perigo, o outro representa oportunidade".




Transforme a crise da COVID-19 numa oportunidade de revitalização da sua marca.


Apesar de todas as contrariedades, este é um momento de imensa oportunidade. Entre na conversação sobre a COVID-19 com autenticidade e musculando a sua reputação. Sairão reforçadas as marcas que souberem usar a inteligência emocional em favor de uma estratégia de médio prazo.


Sacrifique um pouco as vendas e lucros de curto prazo. Na verdade, não existe grande alternativa. Consciencialize-se disso e, em vez de adormecer à sombra da bananeira da lamentação, trabalhe no sentido de construir confiança e boa vontade.


Se gostou desta leitura, partilhe-a com alguém e multiplique a cadeia de empatia. Marcas mais conscientes hoje transformar-se-ão em projetos mais prósperos e sustentáveis no futuro.

73 visualizações

Envie-nos um email para

hello@suitespot-studio.com

Ligue-nos para

+912 746 499

Envie-nos uma mensagem por WhatsApp para

+913 714 897

  • whatsapp

Siga-nos em

  • facebook
  • instagram

Tem um projeto com potencial?

Ou uma ideia a que gostaria de dar forma?

Nós acreditamos no seu valor, ajustando os nossos planos às suas necessidades.

Entre já contacto connosco.

Vamos triunfar em conjunto!

  ©2020 SuiteSpot Lda. Todos os direitos reservados.